Estafa: saiba reconhecer e tratar os sintomas

Você está se sentindo mais cansado e desanimado que o usual quando sai para o trabalho, para a aula ou para qualquer outra atividade do dia? Esse sintoma pode não ser somente um cansaço natural de uma rotina mais pesada durante a semana: você pode estar apresentando um quadro de estafa. Você sabe o que é isso?

Definição de estafa

A estafa, ou fadiga, é um sintoma que reflete uma sensação de cansaço físico ou mental que torna qualquer atividade da nossa rotina ainda mais desgastante do que o normal. Apesar de ser frequentemente confundida com o estresse, ela é considerada somente um sintoma dessa situação quando ela não é tratada e pode se manifestar de duas maneiras diferentes:

Estafa mental

É caracterizada por um cansaço cerebral tão grande, causado por excesso de trabalho ou tensão, que pode causar dores físicas agudas. Os sintomas mais comuns desse tipo de estafa são a falha de memória, a insônia, o desânimo, a irritabilidade, a palpitação, a azia frequente, diminuição do desejo sexual, falta de apetite e frequente sentimento de tristeza e angústia. Esses sintomas, se não tratados corretamente, podem evoluir para uma estafa física.

Estafa física

Pode ser desenvolvida de duas maneiras: pelo excesso de atividades que demandam esforço físico, causando cansaço muscular; ou por não tratar sintomas da estafa mental, que evoluem para dores no corpo. Os sintomas mais comuns desse tipo de estafa são as dores corporais, a baixa resistência imunológica, a distensão muscular e a apatia.

Pode atingir todas as idades

Não existe uma faixa etária específica para desenvolver a estafa. Como ela tem origem emocional ou física, ela pode acometer crianças, adultos e idosos, afetando seu desempenho nas rotinas naturais do dia a dia.

Causas da estafa

A estafa física pode ser desenvolvida através de um esforço corporal desnecessário para o organismo humano. Treinos muito fortes, corridas intensas e frequentes, brincadeiras que demandam muito esforço físico, especialmente aliadas a uma alimentação deficiente, podem desenvolver o que frequentemente chamamos de fadiga muscular, que nada mais é do que a estafa física.

A estafa mental está muito relacionada ao tipo de rotina que a pessoa leva no trabalho ou na escola: estudos intensos, trabalhos maçantes e estressantes, problemas de relacionamentos no trabalho ou na vida pessoal e pouco tempo para o lazer e o descanso.

Sintomas da estafa não tratada

A estafa não tratada pode se transformar em vários problemas de saúde considerados mais graves. Para ambos os tipos de estafa, é comum ver a evolução do quadro para problemas intestinais (diarreia ou constipação), queda de cabelo, hipertensão arterial, crises de ansiedade ou pânico, gastrites, úlceras, arritmia e até infartos. O acúmulo da tensão e do cansaço força o organismo a trabalhar cada vez mais sobre pressão, sobrecarregando várias das nossas funções corporais.

Como tratar os dois tipos de estafa?

O tratamento da estafa é o mesmo recomendado para tratamentos de estresse: relaxar. Para a estafa física, o descanso e a boa alimentação são recomendados para evitar problemas mais graves relacionados à saúde. O retorno à prática de atividades físicas deve ser gradual, respeitando sempre os limites do organismo e mantendo uma alimentação saudável.

Para tratar a estafa mental é preciso se afastar das tarefas que estão te causando exaustão, dedicando mais tempo ao lazer e a distração: sair com os amigos, ir ao parque ou ao cinema, ver televisão ou simplesmente descansar. Para não desenvolver problemas similares no futuro, o paciente deve mudar completamente o seu estilo de vida, reduzindo os sintomas de estresse. Um acompanhamento psicanalítico pode ser uma excelente opção para manter a mente mais saudável.

Você já apresentou sintomas similares aos citados acima? Acredita que possa estar sofrendo algum quadro de estafa mental ou física? Diminua seu ritmo de treino ou trabalho e consulte um médico, ou um psicólogo, para não agravar o estado da sua saúde!

7 Comentários

  • marinalda Josefa da silva ,

    Amei foi bom esse esclarecimento. Pois tô com esses sintomas. Obg.

    Reply

  • Excelente matéria. Estou com sintomas da estafa mental devido ao excesso de estudos. Há dez anos venho mantendo um ritmo frenético de tentativas de estudar para concursos públicos. Fiz faculdade durante cinco anos.. logo após fui tentando o concurso. Mas trabalho e nem sempre conseguimos aliar estudos e trabalhos. Claro que vamos comprometer as duas coisas..
    Além da tentativa, passo por um processo de frustração. Não conseguir ser aprovada, está deixando-me muito triste.
    Estou dando um tempo! Mas fico angustiada. Pois queria estar renovada para novos desafios preparatórios.

    Reply

  • Muito bem explicado. Já tinha duvidas se estava com estafa e agora tenho a certeza disso.
    Obrigada por falar tão bem do assunto.

    Reply

  • Eu também estou sentindo esses sintomas

    Reply

  • Laudimar Inácio Taveira ,

    Estou com todos sintomas descritos acima. Preciso saber o que fazer

    Reply

  • Marilene Isabel Honório Rosa ,

    Acho que estou estafada sinto tds estes sintomas.ando trabalhando demais

    Reply

  • Olá, quanto tempo se considera necessário para sumirem os sintomas da estafa, como, por exemplo, a perda de memória e a falta de concentração? Isso pode demorar?

    Reply