O que é Hipocondria e como a psicologia pode ajudar

Muitas pessoas se perguntam o que é hipocondria. Trata-se de uma doença que precisa ser tratada porque pode causar vários problemas à saúde da pessoa acometida por ela. Há prejuízos diversos que, se não observados, podem se agravar, afetando a saúde da pessoa de diversas formas.

Neste post, vamos entender o que é a chamada hipocondria, como ela atua e como a psicologia pode ajudar no tratamento e convivência com a doença.

O que é hipocondria?

A hipocondria é uma doença associada a vários transtornos de ansiedade, principalmente ao transtorno de pânico. O hiponcondríaco apresenta medo exagerado da morte, associando quaisquer eventos ao seu redor como indício de alguma doença incidiosa. Isso acontece porque a atenção da pessoa que sofre de hipocondria é voltada para as doenças.

Por exemplo, ao assistir a uma reportagem na TV que alerta sobre a transmissão de várias doenças por um mesmo mosquito, a pessoa logo começa a perceber a presença de insetos voadores que julga ser o tal mosquito. Isso pode fazer com que ela, muitas vezes, sinta os sintomas que a reportagem cita como os mais comuns para aquelas doenças.

Quais são os ricos da hipocondria para a minha saúde?

O hipocondríaco pode ter sérios problemas devido a alguns comportamentos. Com a soma de sintomas que leu na internet, por exemplo, o hipocondríaco pode confundir o médico e induzí-lo ao erro de diagnóstico, levando a um tratamento desnecessário, que poderá causar inúmeros problemas, dependendo do que for, como a resistência associada a antibióticos ou os efeitos colaterais de qualquer medicamento.

Quando o paciente não receber o diagnóstico que pensa ser a causa dos sintomas que ele acha ter, normalmente acreditará na incapacidade do médico ou do laboratório que executou os exames, procurando tratamento por conta própria. Nesse momento, a automedicação pode causar problemas graves à saúde.

Além disso, outro prejuízo que o hipocondríaco tem em sua vida, talvez o maior deles, é o sofrimento causado pela ansiedade de acreditar estar doente. A ansiedade pode causar problemas diversos à saúde, como atenuar o sistema imunológico, favorecer pensamentos depressivos, levar à baixa autoestima e muitos outros.

Quem pode me ajudar?

É possível conviver bem com a hipocondria, aprendendo a lidar com os quadros das doenças. Para isso, a psicologia pode ajudar muito a pessoa acometida pela hipocondria de diversas formas. A psicoterapia pode auxiliar também no tratamento de comorbidades, ou seja, no cuidado com as doenças e síndromes associadas à hipocondria, como a depressão e a ansiedade.

Na terapia, o hipocondríaco poderá aprender a reinterpretar seus sintomas, afastando os pensamentos alarmistas. Dessa forma, a ansiedade deverá dar lugar a uma sensação maior de conforto, aliviando alguns sintomas psicogênicos, que são aqueles criados pela nossa mente.

O paciente também terá a chance de se autoconhecer, compreendendo melhor sua própria história. Dessa forma, ele poderá entender quais razões o levaram a desenvolveu a hipocondria e, então, agir de maneira consciente para amenizar esses fatores desencadeantes.

Conseguiu compreender um pouco a respeito da hipocondria? Ficou alguma dúvida? Deixe nos comentários a sua opinião!

Lembrando que o texto é apenas informativo e não substituiu o tratamento psicoterápico junto a um psicólogo. Portanto, se você acredita que sofre desse transtorno, entre em contato conosco para verificar as possibilidades de tratamento. Estamos aqui para ajudar!